Culto todos os domingos às 19:30h.
Rua Vital, Nr 316, Quinta dos Vinhedos, Bragança Paulista, SP
crises-na-fe

O que fazer quando meu cônjuge passa por uma crise de fé?

Mês de Maio é o mês da Família. Tenho certeza que você ama a sua família e quer o bem dela. Todos nós somos chamados pela Bíblia para lutarmos por nossas famílias.  Pode ser que você esteja desfrutando de um momento tranquilo e feliz em seu lar, mas isso nem sempre é uma realidade para todas as famílias. Por vezes, a família é afetada por situações difíceis, pode ser que um dos cônjuges venha a passar por uma crise de fé.  Sabemos que, por causa da realidade do pecado que nos afetou, são inúmeras as situações que podem gerar uma crise de fé em um dos membros da família. Seja a doença de um familiar, desemprego, decepção com algo ou alguém etc. Pode ser que você, marido, esteja firme em sua fé, mas sua esposa não, ou o contrário. O que fazer nesta situação?

 1 – Fique firme na fé

Pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. Tiago 1:3

Se este for o seu caso, saiba que este será o momento de você aprofundar ainda mais a sua fé. Mesmo quando a fé de um dos cônjuges parece vacilar, é importante que o outro permaneça firme na sua. Na verdade, penso que é sua responsabilidade crescer mais ainda na sua intimidade com Cristo. Em primeiro lugar, permaneça firme na fé. Não são poucas as vezes que a Bíblia nos recomenda para permanecermos firmes na fé, sem dúvida este é um dos momentos de provação da sua fé, mas é importante que continue convicto de que Deus está com você nesta batalha. Creia que este será um momento de crescimento, confie, você certamente sairá fortalecido dessa situação.

2- Ore por seu cônjuge

Ouve a minha oração, Senhor! Chegue a ti o meu grito de socorro! Salmos 102:1
Eu sei que esta resposta parece clichê.  Mas a oração é verdadeiramente poderosa, não apenas para o cônjuge que esta sendo o alvo da oração, mas, também, para quem ora. Você também precisará do apoio de seus irmãos e irmãs em Cristo, peça para que a Igreja ore por seu cônjuge. Mas será um tempo oportuno para por em prática a oração, aprender a escutar o Pai e experimentar seu amor. Certamente você crescerá muito em intimidade com Deus.

3- Não use a Bíblia como um martelo

A língua dos sábios torna atraente o conhecimento, mas a boca dos tolos derrama insensatez. Provérbios 15:2

Muitos cônjuges acabam errando tentando acertar. Por estar o seu cônjuge em crise, você poderá pensar que a melhor forma de ajudá-lo é ficar citando a Bíblia. Sem dúvida que a Palavra de Deus é importante para revigorar a fé, mas podemos acabar fazendo um mau uso dela. Se ficarmos “martelando” textos bíblicos contra o nosso cônjuge, isso poderá piorar a situação.
Por exemplo, uma esposa poderá dizer ao marido que está em crise de fé: “Você é o cabeça do lar”. Ou o marido poderá dizer à esposa que está em crise de fé: “A mulher sábia edifica o lar”.  Mas se isso é dito como forma de “martelar”, então é um mau uso da Palavra.  Cuidado com o modo como você se expressa. Palavras de incentivo, consolo e ânimo são bem vindas, mas não fique “martelando” textos contra o cônjuge. Esse é um momento delicado. Será preciso ter muita paciência e amor. A melhor saída será incentivar seu cônjuge a buscar aconselhamento Bíblico, seja com o pastor ou com um líder maduro da Igreja. Nestes casos, haverá maior chance de seu cônjuge ouvir alguém, pois esta pessoa está fora da situação.

Que Deus fortaleça nossas famílias!
 

Pr. Cleber Batista

Um comentário

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *