Culto todos os domingos às 19:30h.
Rua Vital, Nr 316, Quinta dos Vinhedos, Bragança Paulista, SP
dead-landscape-1

#palavrasnocaminho – A coisa

A COISA

O maior perigo que poderemos enfrentar nesta existência é não valorizarmos as coisas importantes e que devem ser valorizadas, substituindo estas, pelas coisas urgentes que certamente aparecerão para nós em todos os dias. Davi, ao escrever o salmo 27, declara no verso 4 sua confiança em Deus, seu desejo profundo de uma comunhão intensa e contínua com o Criador, ao dizer:

“Uma coisa pedi ao Senhor, é o que procuro: que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo.”

Outros textos utilizam a expressão “uma coisa“, alguns deles, fazendo alusão entre nossa disposição por utilizarmos nosso tempo, dando prioridade para o que nos conduz à uma vida espiritual de comunhão e relacionamento com Deus, em detrimento das “coisas” que não devem ser tão valorizadas, como situações  urgentes relacionadas diretamente ao mundo material.

As “coisas espirituais” devem ser valorizadas, elas são muito importantes, pois nos trazem paz e felicidade nesta existência e nos conduzem em Jesus para a vida eterna com Deus.

O apóstolo Paulo, em Colossenses 3:2, se refere “as coisas do alto”:  “Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas.”  Nesta passagem a expressão “nas coisas do alto” têm a conotação de pensarmos em Deus, termos comunhão com Deus em oração e através da leitura da sua Palavra, e as “coisas terrenas”, se referem à nossa preocupação com os problemas corriqueiros.

Jesus Cristo, em Mateus 6:33, também nos alerta que as coisas materiais são secundárias, quando diz: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” 

dead-landscape-1

Quando depositamos nossa fé em Deus, através de uma vida seguindo a Cristo, certamente está prioridade redundará em uma vida de dependência em Deus, se relacionando com Ele, de tal forma que as “coisas”  e situações diversas que envolvem nossa sobrevivência, como por exemplo:- nossa saúde, nossa família, nosso trabalho, nossos amigos e tudo o que envolve nosso futuro será guardado por Aquele que nos garante estar conosco sempre!

Reflita: Você pensa nas coisas do alto?

Pr. Luiz Francisco Contri

Um comentário

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *