Culto todos os domingos às 19:30h.
Rua Vital, Nr 316, Quinta dos Vinhedos, Bragança Paulista, SP
cristianos

#palavrasnocaminho – O relacionamento

O RELACIONAMENTO

Somos seres relacionais. Desde o momento de nosso nascimento até o momento imediatamente anterior à nossa morte, certamente estaremos rodeados por pessoas e nos relacionando.

O pensador, pastor anglicano e poeta do século XVII, John Donne em seu livro Meditações, VII nos diz:

“Nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a casa dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.” 

Donne neste texto, reforça o conceito que somos seres que precisamos uns dos outros e certamente a morte de algum ser humano fará falta a todos nós.

Por outro lado, a Bíblia nos informa sobre nossa necessidade de relacionamento não apenas com nossos queridos familiares, amigos, irmãos e irmãs em Cristo, pessoas que Deus colocar para interagirmos nesta passagem rápida que se constitui nossa vida, mas nos relacionarmos com o Criador deste Universo maravilhoso, vejamos alguns textos:

Deus nos chama através da mensagem da cruz em Jesus Cristo, em João 6:44: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu o ressuscitarei no último dia.

cristianos

Na prática, percebemos na oração que Jesus nos ensinou que não existe relacionamento e comunhão com Deus em oração, se não nos relacionarmos em perdão, com os que nos rodeiam, conforme, Mateus 6:12: “Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores”

O relacionamento que Deus nos propõe é um relacionamento de perdão, quando cremos na obra redentora que Jesus Cristo fez por nós na cruz, perdoando os nossos pecados. Deus espera que em nossos relacionamentos com nossos semelhantes, também pratiquemos o que Cristo fez por nós, que possamos perdoar aos nossos devedores e vivamos na ênfase de um relacionamento de amor e perdão.

Reflita: A minha vida é uma vida de relacionamento com Deus e eu promovo a paz em meus relacionamentos?

Pr. Luiz Francisco Contri

Um comentário

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *