Culto todos os domingos às 19:30h.
Rua Vital, Nr 316, Quinta dos Vinhedos, Bragança Paulista, SP
natalnovayork

#palavrasnocaminho-Série Especial Natal-A luz

A LUZ

Em todas as épocas a humanidade sempre se sentiu atraída pela luz e pela cor. Existe total comprovação científica entre a relação das luzes e cores que se relacionam perfeitamente e produzem um fator psicológico de bem estar em nós humanos. Nossos olhos ficam fascinados ao contemplarem uma decoração natalina, totalmente produzida com o objetivo de causar impacto positivo em quem a vê.

J.W.Goethe em seu livro “Doutrina das Cores“, desenvolveu pesquisas científicas sobre a psicologia das cores e os estados psicológicos associados a cada cor. Recordemos as palavras de um antigo místico chamado Plotino, que escreveu:  “Se o olho não tivesse sol, Como veríamos a luz? Sem a força de Deus vivendo em nós, Como o divino nos seduz?”

Para este filósofo antigo (viveu entre 204-270),  “o igual só é conhecido pelo igual“, desta forma ele pensava na relação do olho humano e da luz, assim na sua forma filosófica de entender Deus e o mundo de sua época acreditava numa explicação simplificada que “o olho humano deve sua existência a luz”.

1280px-farbverlauf_augenfarben

Se pensarmos no Natal certamente perceberemos nesta relação direta de atração da nossa visão humana pela luz, pelas cores apresentadas na decoração Natalina (luzes e cores combinadas) , e esta com certeza produz em nossa mente, um efeito psicológico de bem estar, de “clima de Natal” e também nos atrairá para os fins comerciais de consumo desejados pela indústria, comércio e serviços em geral. Por isto, shoppings centers, lojas, cidades se preocupam em realizar a decoração de Natal, porque a luz e a decoração atrairão compradores e as vendas aumentam significativamente nesta época do ano.

natalluz

 O evangelho de Mateus ao citar a profecia de Isaías sobre a vinda de Jesus Cristo e o que ele representaria para a humanidade, nos informa que Jesus é a luz que viria ao mundo: para cumprir o que fora dito pelo profeta Isaías: “Terra de Zebulom e terra de Naftali, caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios;
o povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; sobre os que viviam na terra da sombra da morte raiou uma luz“. Mateus 4:14-16, cumprindo a profecia de Isaías 9:2, escrita centenas de anos antes do nascimento de Jesus Cristo.

O evangelista João em seu primeiro capítulo nos informa que Jesus é Deus, reafirma sua divindade, como Emanuel, Deus conosco, que enviado por Deus Pai, veio até nós para nos trazer vida e luz, o evangelho de João também nos afirma que Jesus Cristo tem total sintonia e sincronismo com Deus Pai e esteve presente na criação do Universo, relembremos o texto bíblico, no evangelho de João 1:1-5: “No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ela estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito. Nele estava a vida, e esta era a luz dos homensA luz brilha nas trevas, e as trevas não a derrotaram.”

Jesus, Deus Conosco, é a vida que Deus Pai tem para a humanidade decaída, desde sua vinda aqui na Terra, se tornando carne, nascendo como um de nós, na forma de um bebê gerado no ventre de sua mãe Maria (bebê gerado pelo poder do Espírito Santo), para experimentando a nossa natureza humana, porém sem pecar, sem desobedecer ao Criador, pudesse realizar a obra de salvação planejada por Deus para nos resgatar da nossa natureza pecaminosa, nos transformar diariamente.

Com Jesus em nós teremos vida e a luz de Cristo sendo projetada para aqueles que não conhecem a Deus.

Jesus é a luz que brilha nas trevas. Sua luz é eterna. Diferente das luzes decorativas do Natal ou de qualquer outro evento com luzes aqui em nosso planeta, Jesus é a luz permanente que deseja iluminar as nossas vidas, dar sentido para nosso coração pecador, que vive como se Deus não existisse.

Deus nos ama, e em seu amor incondicional e inexplicável para nós pecadores, permitiu que Jesus Cristo viesse até nós para que a luz de Deus pudesse resplandecer neste mundo, dando-nos a oportunidade de nos unirmos ao Eterno.

 Jesus em seu ministério ao salvar a mulher pecadora que iria ser apedrejada e foi salva por Ele, mencionou, em João 8:12: “Falando novamente ao povo, Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida“.

Jesus é a luz do mundo!

O mundo também nos atrai com sua luz própria e artificial preparada para nos chamar para os mais diferentes objetivos. Reflita sobre isto: você é convidado para muitas luzes!

Este mundo que vivemos apesar de estar iluminado com luzes elétricas e produzidas na indústria, para atraírem a visão humana e o coração do homem para tantos objetivos diferentes, como o lado comercial no Natal, e, depois em outros eventos, nas baladas semanais, nos motéis, nas casas de prostituição, no Carnaval, na Copa do Mundo, nas Olimpíadas, nos shows musicais e tantos outros momentos humanos, continua em trevas, trevas profundas, escuridão intensa, sem saber para onde está caminhando, porque caminha sem a direção de Deus, desprezando os valores de Deus, e, vivendo como se Deus fosse distante de nós, ou, não existisse.

nataliluminado

A luz certamente é bela, mas podemos estar sendo conduzidos pela beleza da luz, da luminosidade, das cores deste mundo e estarmos caminhando na escuridão de uma vida vazia e sem sentido, sem a luz verdadeira, que somente Cristo pode nos dar.

Apesar do próprio Deus em seu amor e infinitas misericórdias pensar em nós, nos enviando Jesus Cristo, para nos resgatar, nos dar luz, nova vida, novos propósitos de vida, quando cremos em seu sacrifício realizado na cruz em nosso favor, ainda assim, muitos continuam desprezando o verdadeiro significado do Natal, muitos continuam desprezando a luz verdadeira que veio ao mundo para nos salvar, nos dar paz, iluminar os nossos caminhos.

Jesus neste Natal continua nos dizendo que quem o seguir, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida.

Jesus não é intruso, você poderá continuar vivendo como sempre viveu, vendo o Natal como uma época apenas comercial, ou de bem estar humano que acontece no final do ano e pronto, continuar vivendo sua vida de trevas, de problemas, de tribulações, tentando sobreviver em um mundo cada vez mais caótico, violento, desumano, sem amor, sem respeito, sem valores, voltado apenas para o prazer e consumo imediato e que caminha para sua destruição, contando apenas com sua própria capacidade humana. E quando estes problemas são insuportáveis aí você corre atrás de alguma filosofia de vida, religião, ou, algum profissional da saúde que possa lhe ajudar.

Deus continua te dizendo, através de Jesus: EU SOU A LUZ DO MUNDO. QUEM ME SEGUE, NUNCA ANDARÁ EM TREVAS, MAS TERÁ A LUZ DA VIDA!

heaven-600x450-1

Reflita: Só existem dois caminhos. O caminho da luz que é seguindo a Jesus e o caminho das trevas que é dizendo não para Jesus. Quando seu tempo por aqui se findar, você continuará seguindo os dois caminhos que começou a seguir nesta existência. Se estiver seguindo a Cristo, continuará na sua luz, chegando a Glória Celestial. Se não seguiu Cristo nesta existência, vivendo no caminho das trevas, continuará seu destino eterno no caminho das trevas. Pense bem, é Natal, se você gosta das luzes de Natal, então, entregue sua vida para aquele que pode te dar a luz da vida, a luz para a eternidade.

FELIZ NATAL COM JESUS, A LUZ QUE BRILHA NAS TREVAS!

Pr. Luiz Francisco Contri

Um comentário

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *