Culto todos os domingos às 19:30h.
Rua Vital, Nr 316, Quinta dos Vinhedos, Bragança Paulista, SP
tempo1

#palavrasnocaminho – O cotidiano

O COTIDIANO

 “Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez. Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive.”
Eclesiastes 3:11,12

tempo1

 Eclesiastes é um livro do Antigo Testamento que nos faz refletir sobre o sentido da vida e o que realmente vale a pena realizar. O capítulo 3 registra a visão do tempo sob a ótica de Deus e sob a ótica humana. Existem pinceladas do tempo sendo descritas, como se fossem fotografias de alguém que visualiza de fora o que está acontecendo em nosso planeta. O texto começa descrevendo estes momentos dizendo no versículo 1: “Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu”, demarcando aqui a visão de Deus, o controle de Deus que nos permite termos uma ocasião, um momento, uma fotografia de nossas vidas, e em cada momento de vida que Deus nos permite viver, termos propósitos específicos a serem realizados na Terra, na visão humana (“debaixo do céu”).

rua_das_flores_1505treze

Dois mundos diferentes, dois universos distintos que se interligam, um Deus eterno e perfeito que se relaciona com sua criação, o ser humano, e permite que este viva sua existência com liberdade, com sabedoria (o justo seguindo a Deus e seus princípios), ou, na loucura de caminhar esta vida sem a presença de Deus (o ímpio vivendo como se Deus não existisse). O escritor descreve esta separação entre dois tipos de pessoas, informando no verso 17: “Pensei comigo mesmo: O justo e o ímpio, Deus julgará a ambos, pois há um tempo para todo propósito, um tempo para tudo o que acontece.”

conhecimento-cientifico-e-cotidiano

Olhando para o nosso dia a dia, para o que chamamos de “cotidiano”, cada um de nós estará vivendo sua vida, segundo suas aspirações humanas, segundo sua criação, sua cultura, a educação recebida, o caminho e profissão escolhida para viver. Para algumas pessoas a vida é monótona, algo enfadonho, difícil de poder aguentar, parece que nada de novo acontece e a pessoa vive sua vida na “mesmice” de uma vida sem grandes mudanças, e até, algumas pessoas entram em depressão por viverem uma vida sem grandes desafios, o que as deixa tristes, chateadas, cansadas de viver. Para outras pessoas a vida é agitada demais, algo estressante, devastador, não vêem a hora de poderem mudar de vida, ou, antes disso acontecer, ficam torcendo para chegar logo o próximo feriado e as férias, porque não estão aguentando o estilo de vida que estão vivenciando. Existirão também pessoas felizes que vivem a vida com leveza, com paz interior, pois buscam a Deus, vivem com Deus, não vivem sozinhas. Pessoas que não lutam sozinhas, mas que entregaram sua vida para Deus cuidar.

problemainesperado2gratitude-1

Independente da forma que enxergamos nosso cotidiano, nosso viver diário, uma coisa fará toda a diferença na caminhada por esta estrada da vida, a forma como se relacionamos com Deus, ou, mesmo o não relacionamento com Deus.

O escritor define que todos nós, quer os que estão felizes com o momento presente, quer aqueles que estão cansados da sua realidade de vida, todos tem em comum o anseio por algo superior, algo que está intrínseco, embutido em nosso próprio ser, algo que está dentro do nosso interior e clama por respostas, relembremos o texto bíblico, no versículo 11 deste capítulo 3: “Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez.

Deus fez tudo certo, tudo apropriado a seu tempo. Nós que complicamos a vida.

Todos nós queremos respostas para o que acontecerá depois deste tempo que vivenciamos.

os-tres-porquinhos

O anseio pela eternidade…

Quando compreendemos o significado desta existência a partir da visão bíblica, entendendo a morte e ressurreição de Jesus Cristo em nosso favor, viveremos conectados com o Criador do Universo, com Deus Todo-Poderoso, saberemos que o final de nossa vida não se dará numa sepultura fria. Isto certamente não faz nenhum sentido. Toda esta correria do cotidiano e depois acabou tudo. Não, a vida continua quando o nosso tempo aqui se findar. Esta é a esperança viva que temos quando cremos em Jesus Cristo como nosso Salvador Pessoal. É tristeza para aqueles que ficarem e testemunharem nossa partida. É alegria para nós que poderemos, imediatamente, após nossa morte contemplarmos as maravilhas que Deus preparou para aqueles que Nele confiam. (conferir textos bíblicos como: 2 Coríntios 5:1; João 14:1-2; João 11:25-26; 1 Coríntios 2:9).

 Poderemos passar por esta existência passageira como “atores coadjuvantes”, atores secundários, vivendo a vida de qualquer forma, de qualquer jeito, no estilo do cancioneiro popular “deixa a vida me levar, vida leva eu”, sem nos relacionarmos com Deus, sem termos tempo em nossas agendas para uma espiritualidade sadia, para um relacionamento com Deus, quando entregamos nossa vida para Deus cuidar, crendo no sacrifício de Jesus Cristo em nosso favor.

O cotidiano sem Deus nos dá medo, tira o nossa paz, ficamos com insônia e não conseguimos ter um sono tranquilo, as preocupações são maiores do que a realidade que estamos vivendo e nos sentimos perdidos na caminhada, sem saber qual rumo tomar, ou, a quem recorrer, pedindo socorro. Esta é a realidade dura e crua de alguém que vive como se Deus não existisse.

angustiamulher

Temos também a oportunidade de transformarmos a nossa existência para melhor, em cada dia de caminhada com Deus, crendo em Jesus, seguindo seus passos, presenciaremos o controle de Deus em nossas vidas, o seu agir sobre nós, seremos atores da nossa própria história de vida, atores principais que de forma clara e objetiva entregaram seu coração, sua vida, seu estilo de vida, sua existência para Deus cuidar.

Young woman using smart phone at sunset

Quando nós compreendemos esta dimensão da vida e de como poderemos viver felizes, apesar dos problemas que sempre existirão, poderemos caminhar como o escritor enfatiza, no final do verso 12: “Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive.”

 Temos a oportunidade única nesta existência, de no tempo e no espaço, pararmos, pensarmos, refletirmos sobre o estilo de vida que estamos vivendo e tomarmos uma decisão séria e definitiva de seguirmos a Jesus Cristo, crermos Nele, não apenas religiosamente, ou por meio de rituais, mas termos a oportunidade real de podermos nos relacionar com Jesus Cristo, como um amigo pessoal.

maturidade

Tenha certeza quando você compreender este fato que é possível conversar com Cristo, através de um relacionamento íntimo de oração, você nunca mais desejará viver sem Ele em sua vida. Será algo natural acordar, orar, querer conversar com Deus, por meio de Jesus Cristo, porque você compreenderá Deus, Jesus Cristo e o Espírito Santo, não mais como alguém divino e distante de você, ou, uma figura religiosa, mas você entenderá que é possível se comunicar com Deus de uma forma direta, como você conversa e pede socorro para alguém que você conhece aqui na Terra.

Reflita: Como enxergo meu estilo de vida, meu cotidiano: como algo que me faz feliz e prazeroso? ou, como algo desgastante, estressante, enfadonho que me deixe triste e deprimido? Deus deseja se relacionar com você, através de Jesus Cristo. Deus deseja que você modifique seu cotidiano e o transforme em momentos de paz e alegria, de superação aos enfrentamentos que vierem, os enfrentando com naturalidade, porque você estará amparado na dependência diária de Deus Todo-Poderoso. Seja feliz. Desfrute Deus em sua vida. Modifique seu cotidiano e estilo de vida, seguindo os passos de Jesus Cristo.

Pr. Luiz Francisco Contri

Um comentário

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *