Culto todos os domingos às 19:30h.
Rua Vital, Nr 316, Quinta dos Vinhedos, Bragança Paulista, SP
regar-plantas

#palavrasnocaminho – A dedicação

A DEDICAÇÃO

“Assim, de boa vontade, por amor de vocês, gastarei tudo o que tenho e também me desgastarei pessoalmente. Visto que os amo tanto, devo ser menos amado?”
2 Coríntios 12:15

regar-plantas

O verdadeiro discípulo (seguidor) de Jesus Cristo se preocupa com seu semelhante da mesma forma que se preocupa consigo mesmo. Empenha o seu melhor no serviço cristão dedicado para com Deus e também se preocupa com todas as pessoas que encontra em seu mini-mundo. Pessoas que precisam de um apoio, de uma palavra amiga, de um incentivo para poderem vencer suas próprias limitações.Como um jardim que precisa ser regado, diariamente, para ficar lindo e produzir frutos, assim é a vida do cristão que se dedica em amor a obra de Deus, e também amar seu semelhante.

Amar, como regar uma planta em um jardim, é poder realizar o seu melhor para Deus e para seu semelhante de forma natural, prazerosa, sem se preocupar em cumprir regras religiosas para querer receber algo em troca pelo bem que você realiza para Deus, ou para alguém.

O verdadeiro amor nasce em um coração que a semente de Deus já frutificou e certamente, continuará impulsionando a pessoa que o tem para compartilhar este amor com aqueles que estão carentes da presença de Deus em suas vidas. O amor de Deus nos motiva para frente, para o alto, para propósitos bem determinados e abençoadores. Os interesses mesquinhos da terra ficarão para trás na vida de quem ama com um coração sincero.

semente-planta

O verdadeiro amor brotará do interior de alguém que já nasceu do alto, nasceu de novo, nasceu para Deus. Quando nascemos para Deus, a nossa identidade pessoal mudará gradativamente para sermos mais parecidos com o Mestre Jesus que nos acolheu, nos abraçou, e seremos certamente menos parecidos com nosso lado egoísta, pecaminoso que desagrada ao Criador.

?

Na carreira cristã ajudamos as pessoas que estão ao nosso lado com o mesmo consolo e conforto que tivemos no passado por experiências semelhantes, ou que nos deram condições para estarmos hoje de forma ativa, ajudando aqueles que ainda não alcançaram a maturidade espiritual que vivemos. O apostolo Paulo fala dessas consolações que recebemos que poderão ajudar alguém no futuro quando registra: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação.” 2 Coríntios 1:3-5

O apóstolo Paulo reforça este estilo de vida, afirmando no texto que de muito boa vontade irá consumir sua vida, ou seja, se dedicará ao seu semelhante, as ovelhas que Deus colocou em sua mão para cuidar, mesmo sabendo que poderá amá-las muito e não ser correspondido na mesma intensidade.

domingo-do-bom-pastor-o-exodo-experiencia-fundamental-da-vocacao

Servir ao nosso semelhante (ajudá-lo, auxiliá-lo, amá-lo de verdade) e também servir a Deus são comportamentos que devemos viver aqui na terra motivados pela Glória de Jesus Cristo, para Glorificarmos a Deus.

carpediemalegria1

Se Jesus Cristo quisesse receber reconhecimento de sua missão e obra na cruz do Calvário, Ele não teria morrido em nosso lugar e no lugar de bilhões de seres humanos, em todos os tempos e lugares, pois muitos ainda hoje não entenderam seu sacrifício, nem tão pouco querem segui-lo.

Reflita: Que Deus frutifique em seu coração esta semente de querer ajudar e amar seu semelhante e também a Deus, promovendo o evangelho da Graça, levando outras pessoas a conhecerem a Cristo, como você conhece.

Pr. Luiz Francisco Contri

Um comentário

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *